Translate

sábado, 28 de novembro de 2009


Pintar uma Flor.
J. Norinaldo.


Ah! Como gostaria de saber pintar,
Para desenhar-te numa linda flor,
Usando a tinta que a fosse mais bela,
Usando a aquarela com maestria,
Imagino uma rosa toda amarela,
E um colibri a te ofertar uma poesia.

Queria poder pintar até o teu perfume,
E sentir ciúme da minha própria tela,
Um quadro que revelasse essa beleza tua,
No fim da tarde se colorisse com o arrebol,
A noite agitasse as pétalas pra saldar alua,
E pela manhã refletisse ao mundo o brilho do sol.

Sem saber pintar, tive que criar em meu pensamento,
Este quadro lindo que quero contigo compartilhar,
Imaginas um colibri em busca do pólen da flor,
Que dança o balé mais lindo, diante de ti flutua,
Que adentra o bico em tuas pétalas como um beijo...
Com tanto desejo o mesmo que sinto ao ver-te nua.




1 comentário:

Giovana disse...

A idéia até que é boa, mas o massacre que o português sofre é terrível... Saldar a lua meu amigo? Estaria vc querendo usar saudar de saudações?