Translate

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010


Amor Dividido.
J. Norinaldo

Que pensa somente em si,
Lembrando somente do eu,
Sem lembrar que para frente se caminha,
Esquece as voltas que o mundo ainda não deu.
Um dia poderá precisar de mim,
E ai descobrirá que o eu agora sou.

Devo amar a mim mesmo
Para poder ter amor a alguém,
Quem ama somente a si,
Com medo do seu amor dividir,
Se engana redondamente,
Pensa ter amor, mas não tem.

O amor é como um poço,
Quanto mais terra se tira
Mais vai ficando profundo,
Quanto mais amor se dá,
Mais amor há de brotar,
Para as carências do mundo.




1 comentário:

RuNiN CaLiN disse...

É realmente maravilhoso o seu trabalho, meu amado amigo e irmão....Besos.