Translate

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Não Espere por Mim.
J. Norinaldo.

Não espere por mim, pois não sei se volto,
Não conheço o caminho cada dia estou num,
Nunca tive parada desconheço aconchego,
Cada porto que chego arranjo uma dor,
Que também já passou no porto seguinte...
Não espere por mim, pois eu não sei voltar.

Os caminhos pra mim só tem a mão de ida,
E por despedida eu já não choro mais,
Apenas me segue uma sombra teimosa,
As vezes na frente outras vezes atrás,
Entrei em catedrais sem saber rezar...
Não espere por mim, pois não sei voltar.

Eu já cruzei desertos fugindo do mar,
Mercenário já fui e lutei por tiranos,
Já fui laureado por coroas de espinho,
Não sei se escolhi este destino cigano,
De uma coisa estou certo nunca fiz um ninho,
Não espere por mim , só sei viver sozinho.

2 comentários:

POETA DOS POETAS disse...

parabens , abraços

LANA disse...

Que lindo que lindo!!!!!!!!
Parabéns Nori

um abraço