Translate

segunda-feira, 5 de novembro de 2012



Meu Olhar.
J. Norinaldo


Às vezes um olhar é tão forte que é mais fácil encarar o sol, rompe a montanha atravessa o aço mais duro e diz mais que mil palavras, tem o som de dez mil cítaras e a harmonia de mil monges em cantos Gregorianos. A alegria de belas alvíssaras recebidas e o encanto de cisnes negros a bailar na primavera onde o próprio lago canta. Um olhar às vezes mata ou ressuscita e também aquele que concita ao amor; também há olhar de dor, de ódio e de compaixão, há o olhar de tristeza que fita a distancia ou somente o chão. Existem tantos olhares que jamais me lembraria para descrevê-los aqui, o que quero mesmo dizer é que: nenhum é tão belo do que o meu para ti. Tenho certeza que é bem mais belo que a flor de lótus quando brota, não sei se é por maldade, mas sei que você nem nota.


1 comentário:

Manoel Carlos Alves disse...

Passei, vi, li e adorei este blog. Parabéns!!! Fico no aguardo de uma gentil visita sua em meu blog; Se você gostar do conteúdo; Por favor vota no blog para o PRÊMIO TOP BLOG 2012, já passamos pelo TOP 100, agora buscamos uma vaga ao TOP 03, http://inkdesignerstampas.blogspot.com