Translate

terça-feira, 9 de abril de 2013




O Poema na Areia.
J. Norinaldo.


Escrevi um poema na areia, que falava de tristeza e de saudade,  mas também de  um amor de verdade, e agradecia a Deus por que um dia, por certo a minha poesia  versaria sobre  encontro e felicidade.depois segui caminhando a beira  mar a pensar na beleza desse amor, assim como é certo que a onda beija a praia com ternura, eu te beijarei com loucura para compensar a minha dor. Distraído caminhei  por muito tempo, sentindo o vento acariciar meu rosto, de repente me senti em um dilema, esquecera parte do meu poema e voltei desesperado, sabendo que a maré crescia, e que decerto a minha poesia já tinha apagado. Mas para a minha felicidade, estava lá o meu poema que falava de tristeza e de saudade a onda suavemente havia carregado, somente o final da última estrofe que dizia: “ Por tudo isto, Senhor, Muito obrigado”. Copiei o poema sabe por que? Algo assim não poderia ficar só para mim, Coloquei aqui para dividir com você. Para você que tem sensibilidade, para sentir a poesia caminhar contigo na praia em noite de lua cheia, e saber que a felicidade pode está, num poema simples e escrito na areia.

1 comentário:

Marilda Lavienrose disse...

Aplaudo-o pelo lindo texto.Abçs.