Translate

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009



Quarta Feira de Cinzas
J. Norinaldo


Quarta feira de cinzas não devia chegar nunca,
Para nos mostrar que a vida é pura realidade.
Quando somos obrigados despir a fantasia,
E quem durante quatro dias foi majestade,
Volta à vida real como simples bóia fria.

Para onde foi toda aquela felicidade?
Que eu derramei sorrindo pela avenida.
Onde está àquela gente que vibrava a me aplaudir?
Mesmo assim creio que valeu a pena ser vivida.
Agora vou passar o ano inteiro sem sorrir.

Mesmo a vida não sendo um eterno carnaval,
E eu não passe a vida inteira sorrindo a toa.
Mesmo que o ano inteiro faça outro festival,
Sendo porta bandeira com uma vassoura,
E a avenida sendo a cozinha da patroa.

Por tudo isto agradeço ao Criador.
Poder voltar com vida pra minha favela.
E pra completar ainda mais a minha felicidade,
Vejo por todos cantos desta linda cidade,
Gritos de é campeã! Para a minha Portela.

1 comentário:

UM ANJO NA SUA VIDA... disse...

Lembre-se sempre:...

Que um verdadeiro AMOR...
Independe d qlqr coisa q tente o superar...
Até mesmo a distância,ou o contato...
O Amor ultrapassa qlqr barreira...
Até o Espaço...
O AMOR...apenas se senti...