Translate

domingo, 8 de novembro de 2009


Triste Consolo.
J. Norinaldo.

Qual o consolo em falar de um amor e não chorar?
Se as lágrimas já não fluem por que a fonte secou,
Se no passado formaram rios e mares,
Que minha alma em vão tentou enxugar,
Qual o consolo em me lembrar este amor?
Que nem sequer me permite mais chorar.

Queria mesmo era esquecê-lo para sempre,
Que essa sombra não me perseguisse mais,
Mas ela está sempre presente em meu caminho,
No deserto quando me encontro sozinho,
Para vê-la nem preciso olhar pra trás,
Como uma rosa da qual fosse seu espinho.

A lua linda que via refletida em teu olhar,
E vejo hoje no olhar triste da solidão,
Ou na triste sombra que assombra minha sombra,
Que secou a minha fonte e empedrou meu coração,
São apenas palavras que me tentam consolar...
Não esqueça um grande amor, pense nele sem chorar.

1 comentário:

123 disse...

[B]Qual o consolo em falar de um amor e não chorar?
[B][RED]Nem um querido amigo
porque quém ama sofre ,chora ri
e viver porque amar é viver!!!
Muito lindo seu blog...--...Parabéns ...Bjo!!!